Passe o mouse sobre o dia em destaque e confira nossa agenda.

Especiais

Norcon dá espaço para as mulheres nas obras

Clique para ampliar Colaboradora, Joseane Quqiroz

“Pelo fato de nunca ter conhecido uma mulher que exercesse atividades nesta área passei a me interessar, então fiz o curso e gostei, agora posso fazer até minha própria casa.” São essas as palavras da primeira colaboradora na função de pedreira da Norcon, Joseane Queiroz dos Santos.
 
Ao ingressar na empresa como ajudante de pedreiro em 2010, a colaboradora adquiriu experiência e aos olhos do engenheiro responsável pelas obras do Alamedas do Sol, Adauri Santana, conseguiu ser promovida a pedreira, função exercida pela primeira vez por uma mulher na construtora.
 
“Não vejo nenhuma dificuldade em trabalhar com tantos homens, pois todos me respeitam e me tratam como uma profissional. Meu jeito de ser, alegre e comunicativa, ajuda na interação com todos. Me aperfeiçoar cada vez mais e ter reconhecimento profissional, é o que desejo a cada dia”, conclui satisfeita Joseane.
 
Para a analista de Obra, Helena Maria Fagundes, que fez a seleção da colaboradora na época, “com certeza, os colaboradores estão chegando na empresa e a veem, surpreendem-se e passam a admirá-la, e os demais têm o maior respeito por ela, inclusive, a administração da obra. Esta parceria foi muito válida, pois a mulher está ganhando espaço e mostrando seu imenso potencial. Competência e capacidade, não nos falta.”
 
A Norcon em parceria com a Votorantim, que oferecia cursos para profissionais do sexo feminino na área da construção civil, no ano de 2010 contratou algumas colaboradoras, entretanto, com o desempenho, interesse e disciplina, demonstrados na seleção, Joseane recebeu destaque.
 
Colegas de trabalho como o mestre de Obra David Matos Gomes, acreditam que este seja mais um ponto de evolução no setor da construção civil, pois “apesar do preconceito que cerca a função, procuro enxergar apenas o desempenho do profissional. As estatísticas comprovam que para determinados setores, onde os homens dominavam, as mulheres estão alcançando resultados interessantes.”
 
Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego de 2007 a 2010 o índice de profissionais no ramo da construção civil deu um salto de 44,5% no país. A Norcon em seus 54 anos de história contribui com essa estatística e hoje, conta com o profissionalismo de 89 mulheres, que exercem funções de engenheiras, técnicas, ajudantes de pedreiro, rejuntadoras, entre outras.
 
 
 


Aracaju, 30 de julho de 2012

Comentário(s)
Nenhum comentário no momento.
Enviar
Leia Mais: