Passe o mouse sobre o dia em destaque e confira nossa agenda.

Corporativo

Colaboradores do Alta Vista transformam restos de madeiras em arte

Clique para ampliar Gilmar e Givaldo: arte com criatividade

A reciclagem de resíduos pela indústria da construção civil vem se consolidando como uma prática importante para a sustentabilidade, diminuindo assim o impacto ambiental gerado pelo setor e reduzindo custos. Pensando nisso, dois armadores da obra Alta Vista, os irmãos Gilmar e Givaldo Marques Pereira, resolveram reciclar restos de madeiras para fabricar obra de arte, como caixinhas de madeiras, porta-retrato, enfeites, dentre outros. 
 
Segundo Gilmar, que está há dois anos na Construtora, “os resíduos muitas vezes se transformam em renda extra para nós. Mas, para trabalhar com arte é necessário muita criatividade e principalmente gostar do que faz. Geralmente quando estou de férias, peço para o técnico de segurança as madeiras ou jornais que não serão mais utilizados e confecciono desde cesta (com jornais) à caixinha de guardar objetos (com madeiras)”.

Givaldo, oito anos na empresa, afirma que existem muitas pessoas com iniciativas relacionadas ao meio ambiente no canteiro de obra e que a Norcon só tem a ganhar. “A partir do momento que o trabalhador passa a reutilizar o material que iria ser queimado ou abandonado no meio ambiente, a empresa economiza bastante. O objetivo deste trabalho é ensinar aos colegas para que eles também possam exercitar a mente e ganhar um dinheirinho a mais no final do mês”.
 
Toscanini acredita que a Norcon só tem a ganhar com esse tipo de atitude, “pois mostra a valorização que a empresa tem pelo meio ambiente e, acima de tudo, pelos colaboradores”
Conforme Toscanini Brandão, engenheiro da obra Alta Vista, “fiquei feliz em saber que existem colaboradores preocupados com a preservação do meio ambiente, pois ainda falta consciência nas pessoas. E a Norcon só tem a ganhar com esse tipo de atitude: mostra a valorização que a empresa tem pelo meio ambiente e, acima de tudo, pelos colaboradores”, finaliza.

Aracaju/SE, 19 de setembro de 2008

Comentário(s)
Nenhum comentário no momento.
Enviar
Leia Mais: