Passe o mouse sobre o dia em destaque e confira nossa agenda.

Corporativo

Norcon incentiva funcionários a estudar

Clique para ampliar Edinaldo: “Colegas de trabalho riam de mim e não acreditavam que eu conseguiria concluir os estudos. Hoje, sou inspiração para vários deles”

Cada vez mais preocupada com o bem-estar dos colaboradores, a Norcon implantou há 11 anos o Programa Crescendo e Aprendendo. Em parceria com o SESI, o objetivo do programa é incentivar os funcionários a concluírem o ensino fundamental e médio.

Este ano, cerca de 140 pessoas se inscreveram no Programa, 40% a mais em relação a 2007. Segundo Washington Sorio, Diretor de Gente e Desenvolvimento Organizacional, “a empresa oferece alimentação e transporte, incluindo retorno para casa. Através desta iniciativa, nossos colaboradores de nível operacional recuperam o interesse pelos estudos, desenvolvem-se, melhoram a auto-estima, despertam seus talentos, descobrem novas competências e tornam-se mais preparados para possíveis promoções”.

Jailton da Conceição Alves, conhecido como “China” do canteiro de obra Alta Vista, tem 42 anos e participa do Programa. Começou na empresa há oito anos, como ajudante de armador, se profissionalizou em montagem e voltou a estudar o 1º grau na 5ª série, e este ano, concluirá o ensino médio. Ele tem um sonho: “fazer faculdade de Psicologia. Nós que trabalhamos com equipe, precisamos cada vez mais entender a mente humana”, diz.


China não se arrepende de ter voltado a estudar e garante que “acrescentou muito em minha vida. É uma renovação. Só me fez crescer, nasci novamente. O que me faz mais feliz é saber que sou inspiração para as minhas filhas. Isso me emociona”. Atualmente ele ocupa o cargo de coordenador de armador e se tornou poeta. Geralmente, recita seus versos em vários eventos da Norcon.

O mesmo aconteceu com Edinaldo Santos Almeida, servente do MFA (Máquinas e Equipamentos), de 65 anos. Trabalhou vários anos em canavial, no município de Riachuelo, 29 km de Aracaju. “Eu sempre senti interesse pelo estudo. Lembro-me que via as letras do alfabeto e perguntava como se falava e escrevia. Quando vim para Aracaju e entrei na Norcon, um tempo depois fiquei sabendo do Programa, mas no momento não me interessei.

Este ano resolvi abraçar a oportunidade e recomeçar”, diz o servente, que está há 13 anos na Construtora. Edinaldo afirma que muitos colegas riam dele, por não acreditarem que conseguiria concluir os estudos. “Várias vezes eles falavam que eu só ia para escola para comer. Nem ligava. Confiei em mim e consegui.

Hoje, sou inspiração para vários colegas e me sinto feliz por isso. Eu tenho muito orgulho de poder escrever meu nome, ler e ter conteúdo. Devo tudo isso à Norcon, que me deu uma chance de seguir um bom caminho na vida”. Além de matemática e português, Edinaldo aprendeu inglês, o qual tem média alta na matéria. “Adorei aprender outra língua”.
 
Edinaldo e China são exemplos de vencedores, guerreiros. A Norcon parabeniza os colaboradores por acreditarem na empresa que trabalham, assim como, na vontade de crescer cada vez mais.

Aracaju/SE, 24 de setembro de 2008


Links relacionados:
http://emsergipe.globo.com/multimidia/busca.asp?modo=jornaldia&chave=setv2&data1=20081001&data2=20081001

Comentário(s)
Nenhum comentário no momento.
Enviar
Leia Mais: